Dieta Militar: Guia para iniciantes e o cardápio ideal

Publicado em 19/02/2020
Dieta Militar: Guia para iniciantes e o cardápio ideal

A dieta militar é atualmente uma das dietas mais populares do mundo. Alega-se que ela pode ajudar você a perder peso rapidamente, até 4,5 kg em uma única semana. A dieta militar também é mais barata. Não há livros de receitas, comidas caras ou suplemento que você precise comprar. Mas essa dieta realmente funciona e é algo que você deve tentar? Este artigo explica tudo o que você precisa saber sobre a dieta militar.

O que é a dieta militar?

A dieta militar, também chamada de dieta de 3 dias, é uma dieta de perda de peso que pode ajudar a perder até 4,5 kg em uma semana.

 

O plano de dieta militar envolve um plano de refeição de 3 dias, seguido de 4 dias de folga, e o ciclo semanal é repetido várias vezes até você atingir o peso desejado.

 

Os defensores da dieta afirmam que ela foi projetada por nutricionistas das forças armadas dos EUA, a fim de colocar os soldados em excelente forma rapidamente.

 

No entanto, a verdade é que a dieta não é afiliada a nenhuma instituição militar ou governamental.

 

A dieta militar é uma dieta de perda de peso de baixa caloria, que promove uma perda de peso significativa em apenas uma semana.

 

Como funciona a dieta militar?

 

A dieta militar de 3 dias é dividida em 2 fases durante um período de 7 dias.

 

Nos primeiros 3 dias, você deve seguir um plano de refeições com baixas calorias no café da manhã, almoço e jantar. Não há lanches entre as refeições.

 

A ingestão total de calorias durante esta fase é de aproximadamente 1.100 a 1.400 calorias por dia.

 

Isso é muito menor do que a ingestão média de um adulto, mas você pode verificar seus próprios requisitos de calorias usando esta calculadora.

 

Nos quatro dias restantes da semana, você é incentivado a comer de forma saudável e a manter sua ingestão calórica baixa.

 

Os defensores da dieta afirmam que você pode repetir a dieta várias vezes até atingir a meta de peso.

 

Os primeiros 3 dias da dieta militar têm um plano de refeições definido e envolvem restrição calórica. Os 4 dias restantes têm menos restrições.

 

Cardápio Ideal

 

Este é o plano de refeição de três dias da dieta militar.

 

Dia 1

Este é o plano de refeições para o dia 1. É de cerca de 1.400 calorias.

 

Café da manhã:

 

Uma fatia de torrada com 2 colheres de sopa de manteiga de amendoim ou uma manteira de sua preferência.

Meia toranja ou laranja.

Uma xícara de café ou chá (opcional).

 

Almoço:

 

Uma fatia de torrada.

Meia xícara de atum.

Uma xícara de café ou chá (opcional).

 

Jantar:

 

Uma porção de 85 gramas de carne com uma xícara de feijão verde ou branco.

Uma maçã pequena

Metade de uma banana.

Uma xícara de sorvete de baunilha.

 

Dia 2

Estas são as refeições para o dia 2, totalizando cerca de 1.200 calorias.

 

Café da manhã:

 

Uma fatia de torrada.

Um ovo cozido.

Metade de uma banana.

Uma xícara de café ou chá (opcional).

 

Almoço:

 

Um ovo cozido.

Uma xícara de queijo cottage.

5 bolachas salgadas.

Uma xícara de café ou chá (opcional).

 

Jantar:

 

Dois cachorros-quentes, sem pão.

Meia xícara de cenoura e meia xícara de brócolis.

Metade de uma banana.

Meia xícara de sorvete de baunilha.

 

Dia 3

Aqui está o plano para o dia 3, que equivale a cerca de 1.100 calorias.

 

Café da manhã:

 

Uma fatia de queijo cheddar.

5 bolachas salgadas.

Uma maçã pequena

Uma xícara de café ou chá (opcional).

 

Almoço:

 

Uma fatia de torrada.

Um ovo, cozido ou como você quiser.

Uma xícara de café ou chá (opcional).

 

Jantar:

 

Uma xícara de atum.

Metade de uma banana.

1 xícara de sorvete de baunilha.

 

Sinta-se livre para beber o café ou chá que quiser, desde que não adicione calorias com açúcar ou creme. Beba bastante água também.

 

Os 4 dias restantes

O restante da semana também envolve dieta.

 

Lanches são permitidos e não há restrições para grupos de alimentos. No entanto, você deve limitar o tamanho das porções e manter a ingestão total de calorias abaixo de 1.500 por dia.

 

Você pode encontrar uma lista de sites e aplicativos para rastrear sua ingestão de calorias neste artigo.

 

Não há outras regras para os 4 dias restantes da dieta.

 

Os primeiros 3 dias da dieta têm um menu fixo, enquanto os outros 4 são menos restritos. Você ainda é incentivado a comer de forma saudável e restringir calorias pelos 4 dias restantes.

 

Alimentos adicionais permitidos

 

As substituições são permitidas durante a fase de três dias para aqueles com restrições alimentares, mas as porções devem conter o mesmo número de calorias.

 

Por exemplo, se você tem alergia a manteiga de amendoim, pode trocar a manteiga de amendoim por manteiga de amêndoa.

 

Você também pode trocar 1 xícara de atum por algumas amêndoas, se for vegetariano.

 

Tudo o que importa é que as calorias permaneçam as mesmas. Se você alterar o plano de refeições de alguma forma, precisará contar calorias.

 

Os defensores da dieta militar incentivam a beber água quente com limão, mas recomendam não tomar bebidas adoçadas artificialmente. 

 

No entanto, não há razão científica para que essa seja uma boa ideia.

 

Se você tiver restrições alimentares, poderá substituir alimentos com calorias iguais.

 

A dieta militar é baseada em evidências?

Não houve estudos sobre a dieta militar. No entanto, é provável que a pessoa média perca alguns quilos devido à restrição calórica de uma semana.

 

No entanto, os defensores da dieta afirmam que ela tem uma certa vantagem de perda de peso devido às "combinações de alimentos" no plano de refeições. 

 

Essas combinações aumentam seu metabolismo e queimam gordura, mas não há verdade por trás dessas alegações.

 

O café e o chá verde contêm compostos que podem aumentar levemente o metabolismo, mas não há combinações conhecidas de alimentos capazes de fazer isso.

 

E, se você observar os alimentos gerais incluídos no plano de refeições, simplesmente não parece uma dieta de queima de gordura.

 

Alimentos ricos em proteínas aumentam o metabolismo mais do que outros alimentos. Mas a maioria das refeições da dieta militar é pobre em proteínas e rica em carboidratos, o que é uma má combinação para perda de peso.

 

Algumas pessoas também afirmam que esta dieta tem benefícios de saúde semelhantes ao jejum intermitente. No entanto, não há jejum envolvido na dieta, então essa informação é falsa.

 

A dieta militar pode ajudar você a perder peso, porque é muito baixa em calorias. No entanto, não possui vantagem especial que o torne mais eficaz do que outras dietas com restrição calórica.

 

A dieta militar é segura e sustentável?

A dieta militar provavelmente é segura para a pessoa comum, porque é muito curta para causar danos duradouros.

 

No entanto, se você seguir essa dieta por meses, o limite estrito de calorias poderá colocá-lo em risco de deficiências nutricionais.

 

Isto é especialmente verdade se você não comer regularmente vegetais e outros alimentos de qualidade nos seus dias de folga.

 

Além disso, comer cachorros-quentes, biscoitos e sorvetes toda semana tem o potencial de causar problemas metabólicos. A comida com açúcar não deve fazer parte regular da sua dieta.

 

Em termos de sustentabilidade, essa dieta é bastante fácil de fazer. Não depende de mudanças de hábito a longo prazo e requer apenas força de vontade por um curto período de tempo.

 

Dito isto, provavelmente não ajudará a manter o peso por muito tempo, porque não ajuda a mudar seus hábitos.

 

A dieta militar provavelmente é segura para pessoas saudáveis, mas não deve ser feita por longos períodos de tempo. Provavelmente não leva à perda de peso duradoura.

 

Você pode realmente perder 4,5 kg em uma semana?

Essa dieta se tornou popular porque alega que você pode perder 4,5 kg em uma semana.

 

Teoricamente, essa taxa de perda de peso é possível para pessoas com sobrepeso que restringem severamente as calorias. No entanto, a maior parte da perda de peso se deve à perda de água, não de gordura.

 

O peso da água cai rapidamente à medida que as reservas de glicogênio do corpo diminuem, o que acontece quando você restringe carboidratos e calorias.

 

Parece bom na balança, mas esse peso será recuperado quando você começar a comer normalmente novamente.

 

É possível perder 4,5 kg em uma semana. No entanto, a maior parte disso será o peso da água, que é recuperado quando você começa a comer normalmente.

 

Pode funcionar, mas não por muito tempo

Se você quiser perder alguns quilos rapidamente, a dieta militar pode ajudar.

 

Mas é provável que você recupere o peso rapidamente também. Simplesmente não é uma boa dieta para perda de peso duradoura.

 

Se você quer emagrecer e manter o peso, existem muitos métodos de perda de peso que são muito melhores do que a dieta militar.

 

Compartilhe o artigo com o máximo de pessoas e até o próximo post!

 

Confira outros artigos interessantes abaixo:

 

8 maneiras de fazer uma dieta low carb

 

Dieta da Proteína - Um plano para perder peso

 

Dieta Mediterrânea - Guia para Iniciantes